TEMPO QUENTE NO LEGISLATIVO

GUARATINGA: Vereador Jadel Galvão desaprova governo da Prefeita e ataca Vice-Prefeito em reunião da Câmara


Postada em 21/05/2020 11:59:38 | Atualizada em 21/05/2020 12:29:54

O que parecia ser mais uma reunião normal, acabou esquentando no final com a fala do vereador Jadel Galvão Vaz, que iniciou dizendo chamar a atenção e a responsabilidade, citando que denúncia recebida pelo Legislativo, vinda de pessoa da comunidade, de servidor, merece todo o seu respeito e de todos da Casa, quando não envolve nenhum interesse de terceiros, mas apenas de caráter fiscalizador, de interesse da sociedade.

“... eu quero ser bem claro e dizer aos senhores que enquanto aqui nesta Casa chegar denúncia eu jamais deixarei de exercer o meu papel de vereador naquilo que eu tenho como definição do meu mandato e da minha responsabilidade”, falou o vereador.


E na sequência, foca sua fala em denúncia atualmente em tramitação. 



Confira a seguir textualmente a sequência do pronunciamento do vereador Jadel Galvão


“Eu aqui nesse momento me coloquei com repúdio a não aceitar essa denúncia porque a parte principal interessada da mesma usa também do seu servidor, funcionário dele mesmo, para trazer uma denúncia que vem sendo escavada a cada dia e que ele tem direito, o vice-prefeito. O que ele não tem direito é de andar na vida pública de Guaratinga sempre tomando proveito na vida das pessoas e sendo escroto com as pessoas.


Como homem público ele também tem que aprender a respeitar todo cidadão, como também os representantes que aqui vivem

Mas como ele aprendeu senhores, isso é um mau costume que ele traz de sempre, querer se dar bem na vida pública sendo desonesto com as pessoas.


Eu sempre acompanho uma ordem da palavra de Deus onde ela diz: nós somos fruto daquilo que nós semeamos. E ele vai pagar todos os dias um fruto que ele vai colher com base naquilo que ele semeou nesse município.


Esse rapaz, vice-prefeito, que agora está aí tentando arrumar um proveito de como se reequilibrar na causa pública, quando ele saiu do governo anterior que ele participava, ele encostou nesse governo desastroso que está aí no momento, o qual naquele momento estávamos concorrendo a reeleição, e ele, com cara de bonzinho, ele buscou se apoiar no ex-partido que nós representamos, o PROS, no PT, e ali contou com nosso apoio para se tornar o que ele queria, ser vice dessa prefeita rancorosa que aí está.


Depois que ele se tornou na função que ele queria almejar, ele tomou como sempre as suas definições que ele faz e que fez em mandatos de todos, e aí por lá ele vendo que não estava bom, Izaías, agora ele quer que a Câmara tome uma posição para readquirir a vida dele, tá me entendendo?


Agora, no momento, senhores vereadores, senhor presidente, o estatuto do partido, principalmente o PROS, pelo qual eu me elegi, eu aqui risquei o respeito primeiro à presidência de um partido em qualquer município do Brasil, em qualquer Estado, é o eleito quem nele estiver, mas como ele é acostumado com tramoia, ele aliou-se ao deputado Uldurico Júnior, o qual se tornou presidente estadual do partido na Bahia, e lá fez os seus conchavos de entendimento, como se Jadel nada representasse no próprio partido, e lá, ele nos seus conchavos, com a intenção que ele tinha, ele nunca procurou esse vereador para dizer: vereador, se os senhores olharem lá na lista do partido, lá estão vários seguidores do meu mandato, da minha fidelidade e do meu trabalho.


Ele não teve o respeito sequer prá me perguntar, vereador, você tem interesse algum sobre o partido?

Lá mesmo ele entrou em entendimento com o senhor Gilberto do Cartório, que está filiado não no PROS mas no PSD, e entregou o PROS.


Então o que eu tenho pra dizer a ele, o senhor seu vice-prefeito, procure os funcionários do Gilberto, se o senhor tem essa honradez, e coloque ele aqui para votar na matéria que é do interesse do senhor, e nós vamos seguir fazendo política com respeito, primeiro às pessoas.


Cada um tem o direito de escolher aquilo que quer, mas em primeiro a gente precisa aprender também respeitar as pessoas, respeitar cada um.


Por isso mesmo eu não faço parte hoje, nem do projeto dessa prefeita rancorosa que tá aí, nem o dessa gente que só quer tirar proveito.

Graças a Deus, eu estou livre, estou seguindo um projeto novo, e eu estou pensando grande.


Muito obrigado.”




 

Por: CliC101 |

 

contato@clic101.com.br
73 98108.5898 | 73 8112.0914

© 2013 - 2020 todos os direitos reservados www.clic101.com.br
CliC101 Mais Conteúdo. Desenvolvido por: Welisvelton Cabral  

 

 

 

 

 

 

X