JUSTIÇA FEDERAL

Desvios suspeitos de recursos do Fundeb em obras de escolas leva Justiça a bloquear bens de ex-prefeito e atual deputado


Postada em 16/05/2019 09:13:53 |

Após denúncia do Ministério Público Federal (MPF) na Bahia, a Justiça Federal determinou bloqueio de bens do ex-prefeito de Guanambi e atual deputado federal Charles Fernandes (PSD) e de mais seis pessoas entre servidores públicos à época e sócios da empresa CFSC, citados por suspeita de atuarem no desvio de cerca de R$ 400 mil de recursos do Fundeb [educação básica] da prefeitura de Guanambi em obras previstas em oito escolas da rede municipal de ensino ocorridas em 2011 quando Fernandes era prefeito do município.


O Ministério Público aponta que a empresa contratada tinha como sócios parentes do ex-prefeito, como a esposa Marilu Cardoso Araújo e o primo Célio Fernandes Santana. Um cunhado de Charles, Gilberto Álvaro Portella Bacelar, também atuava como representante da companhia.


Entre as irregularidades apontadas pelo MPF, licitação sem projeto básico, sem descrição dos serviços a serem executados e sem pesquisa de mercado – requisitos definido pela Lei das Licitações.

 

Por: CliC101 | Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

 

contato@clic101.com.br
73 98108.5898 | 73 8112.0914

© 2013 - 2019 todos os direitos reservados www.clic101.com.br
CliC101 Mais Conteúdo. Desenvolvido por: Welisvelton Cabral  

 

 

 

 

 

 

X