X
FAKE NEWS

Não existe anonimato na internet; cuidado para não ser comparsa de criminosos digitais


Postada em 03/01/2018 08:36:07 - Atualizada em 03/01/2018 08:36:56

Você costuma compartilhar qualquer informação que chega até você por meio de redes sociais como WhatsApp? Cuidado, talvez esteja sendo um comparsa de criminosos digitais. Durante entrevista à Rádio Metrópole, a advogada especialista em Direito Digital, Ana Paula Moraes, comentou as "fake news" e o perigo de repassar notícias falsas.

Foto: Tacio Moreira

"Pessoas que curtem, compartilham, disseminam as mensagens elas respondem subsidiariamente ao autor da publicação. Não saiam propagando em outros grupos sem saber se aquela fonte a segura", orientou.



Ela explica que não existe anonimato na internet e contou que as polícias Civil e Federal, assim como o Ministério Público (MP), conseguem identificar qualquer pessoa responsável por crimes no ambiente virtual. "Toda a vez que você acessa a internet pelo computador, tablet, smartphone é gerado um número de protocolo de IP, que é a sua identificação no ambiente virtual e é através dele que a polícia consegue identificar. Não pense que o anonimato está garantido, porque não está", disse.



"O Ministério Público de todo o Brasil, polícias Civil e Federal têm um arcabouço de equipamentos que conseguem identificar o criminoso virtual através da quebra do IP", concluiu.

 

Por: CliC101 | Metrópole

 

contato@clic101.com.br
73 98108.5898 | 73 8112.0914

© 2013 - 2018 todos os direitos reservados www.clic101.com.br
CliC101 Mais Conteúdo. Desenvolvido por: Welisvelton Cabral